sexta-feira, 24 de outubro de 2014

A Mulher Samaritana: um exemplo Missionária-Evangelistica

A mulher Samaritana não é um nome de pessoa e sim referente a uma mulher que morava em Samaria ( Samaria que quer dizer “guardar ou prestar atenção”, derica de Shemer, de quem Omri, Rei de Israel comprou (1Reis 16:24). Samaria durante o Reino dividido de Israel foi a Capital do Norte, ou seja das 10 Tribos de Israel e tomada pelos Assirios em 2 a.C. que se estabeleceram na área com cinco tribos estrangeiras (2Reis 17:13 a 34). Jesus viajou da Judéia, no sul e de volta para a Galiléia, no Norte, passou por Samaria. Os viajantes judeus desviavam ao redor de Samaria para evitar o contato com os samaritanos, mas JESUS CRISTO tomou a rota direta chegando a Sicar, Cidade perto do Poço de Jacó.A Mulher Samaritana era estrangeira de um grupo religioso, mas sua Historia fez uma declaração clara sobre o papel das Mulheres nas  Missões-Evangelisticas. Ela conheceu Jesus.Ela aprendeu com Jesus.Ela passou a acreditar em Jesus.Quando lemos a Historia da Mulher Samaritana observamos 3 partes: Primeira: a Mulher encontra Jesus junto ao Poço de Jacó e ali há um diálogo entre os dois.ela questiona com ousadia sobre questões e assuntos de seu interesse e reconhece que Ele é o Messias ( João 4:1 a 26). Segundo: a Mulher retorna á sua cidade. Os discípulos são hostis com ela e ela anuncia que Jesus Cristo é o Messias (João 4: 2 a 38). Terceira: A Mulher Samaritana anuncia e convence muitas pessoas sobre Jesus e fica na cidade por mais dois dias. Não importava se ela era samaritana. Ela foi uma Mulher corajosa. Ousada. Destemida para aprender e anunciar a Salvação.( João 4:39 a 42)

Joana- discipulo fiel do Senhor Jesus

Joana significa "Deus é gracioso". Joana era uma mulher judia de classe alta na Palestina, no Século I.Era mulher de Cuza, Procurador de Herodes Antipas, governo romano nomeado da Galiléia. (Lucas 8:3). Joana deve ter sabido tudo o que aconteceu através de seu marido sobre o julgamento e a tortura de Jesus. Lucas menciona Joana como uma das que foram curadas por Jesus de Nazaré de “espiritos malignos” e “enfermidades” (Lucas *:1-2-3). Joana foi curada pelo poder do Senhor e não sabemos como ela pode manter-se em silencio servindo o Senhor em meio ao tumulto político do governo de Herodes Antipas, sendo seu esposo um empregado de alta patente. E ela ajudava o Senhor com seus bens.Ela foi muito importante materialmente para o Senhor. Lucas também menciona Joana como sendo uma das três mulheres que visitaram o túmulo de Jesus na manhã da Páscoa, encontrando-o vazio, assim também, Joana e outras mulheres tiveram um experiência estranha, que a ciência não explica. Elas viram “anjos” que perguntaram a elas porque estava a procura de Jesus em um túmulo, em um lugar reservado a mortos? E JESUS não podia estar ali porque ELE ESTÁ VIVO! Glória! Haleluiah! E elas saíram dali e correram para encontrar os discípulos de Jesus e Pedro foi e verificou por si mesmo que o túmulo estava vazio.Somente os panos que embrulharam o corpo permanecia ali. Joana, talvez  foi um dos primeiros a espalhar a noticia da ressurreição a um mundo esperançoso.(Lucas 24:1 a 12)

Noemi: Mulher de Fé e Confiança

Noemi significa "agradável", mas o nome que ela chamava a si mesma mais tarde foi Mara, que significa "amargo". A História de Noemi teve um  começo sombrio.Noemi era israelita. Ela e seu marido Elimeleque e seus filhos Malom e Quiliom mudaram-se para  Moab, quando havia pouca comida em Israel. Morreu seu marido e seus filhos casam com mulheres moabitas.( Moab, do hebraico Moab que significa "de meu pai", foi um personagem bíblico do Antigo Testamento nascido fruto de uma relação incestuosa entre Lot e a sua filha mais velha.é uma faixa de terra montanhosa no que é atalmente a Jordãnia).Noemi, sozinha e sem nada na terra estrangeira resolveu voltar para sua terra natal. E somente sua nora Rute decidiu acompanhá-la.E assim, as duas mulheres parturam para Belém de Judá em uma jornada árdua, pois era fim do varão e as estradas eram terríveis para viajar. Noemi era uma mulher de fé e oração. Noemi é um exemplo de sabedoria, fidelidade e esperança no Senhor. Mesmo diante da calamidade da vida ela permaneceu fiel ( Ler o Livro de Rute. São somente 4 capitulos)

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Ainoã -Mulher Agradável -

Ainoã no hebraico significa “agradável”. Na Biblia Sagrada há duas referencias para as pessoas que levam esse nome.Vejamos: A filha de Aimaás, que se tornou esposa de Saul e mãe de seus quatro filhos e duas filhas, uma das quais Mical, primeira esposa de Davi (1Saamuel 14:50) e uma mulher de Jezreel que se tornou esposa de Davi (1Samuel 25:43 e 1Samuel 27:3)) e mãe de Amnon, primogênito de Davi.(1Crônicas 3:1). A maioria dos estudiosos bíblicos dizem que se trata de uma mesma pessoa, porque em 2Samuel 12:8 Deus diz a Davi por meio do Profeta Natã “ dei-te a casa do teu senhor e as mulheres de teu senhor em teus braços”, isso sugere que Davi levou Ainoã de Saul.E que o termo “mulheres de teu senhor” significa que Davi herdou o harém de Saul, como era comum entre os reis daquela época.

Abiail - nomes de mulheres de homens na Biblia

Na Bíblia Sagrada existem várias pessoas chamadas Abiail. Tanto homens como mulheres. Vejamos: Abiail, mãe de Zuriel, chefe da Casa de Merari que acampar-se-ão ao lado norte do Tabernáculo, contemporâneo de Moisés (Números 3:35) e Abiail, esposa de Abisur e mãe de Abã e Molide (1Crònicas 2:29 e 1Crônicas 5:14).E uma descendente de Eliabe, irmão mais velho  de Davi (2Crônicas 11:18). O pai da Rainha Ester e tio de Mordecai também se chamava Abiail (Ester 2:15 e Ester 9:29).Tantos os homens quanto as mulheres foram pessoas que tiveram suas vidas registradas na Biblia Sagrada, embora   seus nomes sejam mencionados,sem nenhuma outra referencia merecem destaque porque de uma forma ou de outra participaram da vida do povo de Deus.

Abigail e Abigail - Fonte de Alegria -

Abigail no hebraico quer dizer “ a alegria de seu pai” ou “ fonte de alegria”. Existe na Biblia duas mulheres com o nome de Abigail. Abigail, mãe de Amasa, comandante-chefe de Absalão (2Samuel 17:25 e 1Crônicas 2:17)) e Abigail, esposa do malvado Nabal que apaziguou  o rei Davi ( 1Samuel 25), com quem teve um filho de nome Daniel ou Quileabe ( 2Samuel 3:3 e 1Crônicas 3:1).Duas mulheres formosas que parecia que estavam sendo refinadas como o ouro de puro Ophir. Quando lemos na Biblia os pequeninos trechos onde são mencionadas, percebemos que eram mulheres que aceitavam os ensinamentos do Senhor.A vida de cada uma era diferente uma da outra, mas que foram mulheres que tiveram seus filhos e tiveram uma casa para cuidar. Apesar da Biblia não nos dizer como eram seus trabalhos. A Abigail, mulher de Nabal, devia viver um grande sofrimento, porque seu marido era um homem rico, perverso, com o coração duro, porque se recusou a ajudar com víveres a Davi e seus companheiros. E ela era uma mulher temente ao Senhor.


sábado, 22 de junho de 2013

Asenate, esposa de José do Egito

Asenate, filha de Potífera, casou com José (Gênesis 41:45), com quem teve dois filhos  Manessés e Efraim (Gênesis 41:50-52). Analisando o texto sagrado pode-se dizer que Asenate era um sacerdotisa e com certeza aprendeu com seu esposo José a cultivar a FÈ em Jeová  Elohim, o que nos dá entender pelo fato de seus filhos terem sido nomeado segundo as experiências dele com Deus( Gênesis 48:5). Asenate passou com José todo período em que ele foi governador do Egito.Foi uma mulher persistente e perseverante ajudando seu esposo José no cargo importante que ele havia assumido e talvez tenha acalmado José contra a ira com seus irmãos. Pode-se dizer que Asenate foi uma mulher sábia , que edifica a casa, e não destrói aquilo que é precioso (Provérbios 14:1). Observamos que foi uma união de um hebreu com a filha de um sacerdote egípcio. Alguns estudiosos analisa este casamento como um simbolismo entre JESUS e a IGREJA, ou seja, José tomou para si uma esposa gentia. Outros estudiosos que dizem que foi um casamento por questões politicas e culturais para que José pudesse exercer seu cargo de Governador do Egito.

Uma Mulher Sábia, Prudente e Virtuosa

Minha Amada e Inesquecível Mamãezinha Carmencita da Costa Nunes foi a MULHER que mais e mais marcou a minha vida tanto materialmente quanto espiritualmente. Ela foi a MINHA MAIOR e MELHOR AMIGA. Ajudou-me na formação educacional de meus filhos. em todos os momentos da minha vida e da vida de meus filhos ela estava presente. Era uma MULHER SÁBIA,PRUDENTE e VIRTUOSA. Passou para o Senhor no dia 14 de maio de 2013, aos 84 anos de idade, deixando em meu coração uma dor sem fim somente aliviada pelo bálsamo de Gilead. Minha Mamãezinha, com ela aprendi os valores fundamentais para cultivarmos durante a vida na terra e nos prepararmos para a eternidade. Que saudades! Saudades dos momentos  em que aos sábados tomávamos café juntos. Almoçavámos toda a FAMILIA juntos. Como ela dizia, era uma papagaiada, porque todos falavam ao mesmo tempo.  Riamos muito. E quando a tristeza pairava sobre nós, chorávamos juntos. Ela nos ensinou a importância da FAMILIA PERMANECER UNIDA em todas as circunstancias da vida. E no dia NÓS, os seus filhos chorávamos juntos, abraçados e ela fria, dormia, linda, parecia sorrir.Como eu TE AMO, MINHA MAMÃEZINHA...QUE SADADES DE VOCE!

domingo, 31 de março de 2013

Febe: significa radiante ou brilhante.


 Quem nunca ouvia falar da irmã Febe? Febe morava em Cencréia, cidade Portuária da Europa que ficava a 14 kilometros da Cidade Corinto. Pouco sabemos sobre Febe. Alguns estudiosos dizem que ela era uma funcionária do Governo, outros dizem que ela era vendedora ambulante e que foi designada para proteger os estrangeiros. Mas, vejamos o que o Apóstolo Paulo nos diz dela, analisado aqui sob a ótica dos estudiosos do Novo Testamento: Romanos 16: 1 e 2: “ Recomendo-vos a nossa irmã Febe, que é SERVA (diakonon) da Igreja que está em Cencréia, para que a recebais no Senhor, de um modo digno dos santos e a ajudeis em qualquer coisa que de vós necessitar, porque ela é (ou se torou) (egenehtheh) uma PRESIDENTA ou uma PROTETORA ( prostatis) de muitos e de ( ou por) (emou) de mim mesmo (autou). Segundo os tradutores Biblicos, podemos dizer que a irmã Febe foi uma SERVA, uma MINISTRA e MULHER DIÁCONO, pois no grego todas essas palavras significam a mesma coisa. Podemos entender que Febe era uma MULHER que possuía trabalho de testemunho local, porque vemos que O Apóstolo Paulo a chamou de irmã, e que pertencia a Igreja de Cristo. E era PROTETORA de muitos, inclusive do próprio Paulo. Portanto, Febe era uma MULHER disposta a fazer a OBRA do SENHOR (Ação-Missionária-Evangelistica) OBEDECENDO o que o Senhor nos ordenou e o TRABALHO era para a Honra e para a Glória do Senhor. que belo exemplo de vida nos deixou Febe! Amém

Jeoseba significa "O Senhor é o seu Juramento"


Quando Atalia, a rainha dos ímpios deJudá, ordenou um massacre da Família Real, Jeoseba salvou Joás, seu sobrinho, filho de Acazias, livrando-o da morte (2Reis 11:1,2,3 e 2Crônicas 22: 10,11,12). Joás era um bebê, e estava escondido na Casa do Senhor por seis anos,(2Reis 11:3), antes de ser coroado rei pelo Sacerdote Joiada (2Reis 11:4).Jeoseba era meia-irmã do rei Acazias, que foi morto na batalha por Jeú (2Crônicas 22:7 a 9). Esta atitude  de coragem  e ousadia de Jeoseba preservou a Linhagem de David, da qual o Messias havia de nascer.

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Rispa - Uma Mulher de coragem e Amor pelos seus filhos e parentes

Gosto muito da música " A Canção de Rispa" de Tatiana Malafaia, pois fala da trajetória dessa Mulher chamada Rispa, que quer dizer em hebraico Riçpah,significa “pedra brilhante”, "pedra quente". Rispa, filha de Aiá, e uma das concubinas do Rei Saul.que após a morte de Saul, Abner a tomou como esposa, resultando em uma briga entre ele e o filho e o sucessor de Saul, Isbosete. (2Samuel 3:7e 8). A presença de Rispá e sua coragem, seu amor por seus filhos 21:8-11) transforma uma História de Guerra e de Morte em “História Sagrada”.Ela era mãe de Armoni e Mefibosete, filhos de Saul . Estes dois filhos e mais cinco netos de Saul, filhos de Merab, filha de Saul, foram entregues, por Davi (2Samuel 21:8), aos guibeonitas, como expiação pelo massacre executado pelo rei Saul. O rei poupou Mefibosete (2Samuel 21:7).Os guibeonitas crucificaram os sete israelitas, deixando seus corpos expostos desde o princípio da ceifa da cevada na primavera,por todo o ardente estio, até a queda das chuvas periódicas em outubro (2Samuel 21:9).Não se tem nenque Rispá, durante todo esse tempo, conservou-se sentada sobre uma rocha,perto do lugar onde estavam expostos os sete israelitas, não consentindo que de dia as aves do céu e de noite as feras do campo devorassem seus corpos (2Samuel 21:1-11). Aproximadamente seis meses ela vigiou e protegeu os sete corpos. Certamente não ficou sozinha neste protesto. Mais pessoas,mulheres e outras terão se unido a ela em solidaridade. O protesto individual tornou-se coletivo, adquirindo assim uma força de irradiação política e profética. A atitude de Rispá chegou aos ouvidos de Davi, o qual se arrependeu de seu ato. Ordenou que transportassem e enterrassem aqueles restos de corpos humanos e que trouxessem Rispá à sua presença(2Samuel 21:13-14)huma notícia de Merab, a mãe dos cinco filhos sacrificados e expostos com os filhos de Rispá.Rispá, certamente tomada de profunda dor, não ousou falar uma palavra sequer. Armou uma tenda com sacos de estopa. Ficou aí, vigilante e alerta, desde o princípio da ceifa da cevada, na primavera, por todo o ardente estio até a queda das chuvas periódicas, em outubro. O texto diz

segunda-feira, 23 de julho de 2012

As Filhas de Zelofeade -Reivindicando seus Direitos

Seus nomes eram Macla (no hebraico
Malah, que significa gordura/enfermidade”); Noa ( significa movimento), Hogla (significa “dança” ou também pode significar “perdiz”), Milca (significa“rainha”) e Tirza (significa “agradável”. Essas jovens Mulheres tinham visão de
futuro. Eram “modernas” para seu tempo.
O Censo feito de toda Congregação de Israel, da idade de 20 anos para cima,segundo as casas de seus pais, for capaz de sair para a guerra (Números 26:2),porém Zelofeade não tinha filhos, somente filhas (Números 26:33). Concluído oCenso, o Eterno Elohim instrui Moisés repartir a terra em herança (Números26:53).De acordo com suas reivindicações elas não foram contadas no Censo(Números 27: 3 e 4).E foram Jovens Mulheres que tiveram coragem de enfrentar Moisés, o Sacerdote Eleazar, os príncipes etoda Congregação para reivindicar seus direitos de herança (Números 27:2),expondo suas reivindicações e saindo em defesa de seu pai, que não se encontrava na Rebelião de Corá (Números 27:3-4). E Moisés elvou o caso ao Senhor e o Senhor mandou que dessem a elas os seus direitos (Números 5 a 11).A atitude das filhas de Zelofeade foi um marco nos direitos das Mulheres em relação á herança da terra, até aos dias atuais. As Filhas de Zelofeade com suas reivindicações para buscar seus direitos nos dão exemplos a sermos MULHERES corajosas, guerreiras, decididas,determinadas, com atitudes e responsabilidade social. Lutar por nossos direitosnão é desrespeitar , ofender ou afrontar alguém. A Mulher é um marco , um recurso essencial nos Estudos Biblicos.

sábado, 21 de julho de 2012

As 3 Filhas de Jó - Mulheres Abençoadas

“Tambémteve outros sete filhos e três filhas. Chamou o nome da primeira Jemima, o da outra,
Quezia, e o da terceira,Quéren-Hapuque. Em toda aquela terra não se acharam mulheres tão formosas como as filhas de Jó; e seu pai lhes deu herança entre seus irmãos” (Jó 42:13 a 15-ARA)
O Texto Sagrado nos diz que as filhas de Jó foram as MULHERES mais formosas da terra. Os filhos são heranças do pais (Salmo 127:3). Jovens Mulheres que tiveram por nome aquilo que Jó tinha na alma nos momentos de sofrimento, angustia e dor. Jemima quer dizer em hebraico Pomba da Paz. Foi à esperança de Jó isso quer dizer que o nome de sua primeira
filha nos diz que os olhos de Jó sempre estivera em Deus. Quésia quer dizer em hebraico “Aroma
de Canela ou Cássia ou Cinnamomum madeira doce, perfumada”. Foi a Vitória que Jó alimentava em sua mente, em contraste com o mau cheiro das feridas purulentas de Jó. Hoje somos o bom perfume de Cristo (2Coríntios 2:14). Quéren-Hapuque quer dizer “estojo de pintura para os olhos”, ou “caixinha de cosmético ou Vaso de Antimônio. O Eterno Jeová Elohim devolveu a Jó a alegria, o colorido da vida. O antimônio era um metal muito usado nas maquiagens. As três
Filhas de Jó foram Jovens Mulheres que tiveram o privilégio de receber herança,
pois a lei Judaica, apenas herdadas, se não houvesse filhos (Números 27:8-ARA), uma prova da
riqueza e da unanimidade.

terça-feira, 8 de maio de 2012

Quetura -Uma Mulher cheia de Virtude

Quetura nome que significa “incenso”.Quetura se tornou esposa de Abraão, após a morte de Sara (Gênesis 25:1). Quetura teve com Abraão seis filhos: Zimran, Jocsã, Medan, Midiã, Isbaque e Suá (Gênesis 25:2).Abraão deu tudo o que possuía a Isaque.Porém, aos filhos das concubinas que tinha, deu ele presentes e, ainda em vida, os separou de seu filho Isaque, enviando-os para a terra oriental. Observamos que, Sara foi a principal esposa de Abraão (Gênesis 25:5 e 6). Contudo no Livro de 1Crônicas 1:32 Quetura é descrita como concubina de Abraão. Pesquisando sobre a genealogia da Familia de Abraão descobrimos que seus filhos com Quetura se tornaram inimigos ferrenhos de Israel. Portanto, vemos que os árabes em geral,que reivindicam ter Abraão como pai, certamente pertencem á mesma família e estão ligados a Israel. Estudos de DNA comprova que judeus e árabes são parentes próximos, como diz a Biblia. Afinal, Quetura foi esposa ou concubina de Abraão: Ela foi sua esposa (Gênesis 25:1). Ela foi sua concubina (1Crônicas 1:32).Os filhos de Quetura formaram suas próprias nações. Midiã era um filho de Quetura. Séculos depois de Abraão, que Moisés casou e teve filhos com Zípora (Séfora), filha de Jetro, o midianita (Êxodo 2:15-16, 21-22)

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Naamah - nome de duas MULHERES da BIBLIA e de uma CIDADE -

Na Cultura Judaica todo nome de pessoas ou de lugares sempre tem um significado, por exemplo, Naamah significa no hebraico BELA, AGRADAVEL.. Naamah são nomes de duas MULHERES da BIBLIA e também de uma cidade. A Bíblia e um registro histórico de pessoas e lugares reais. Estudar a Bíblia e provar do mais apetitoso manjar. Logo no primeiro dos 66 livros da Bíblia Sagrada, aprendemos que a primeira mulher na Bíblia com o nome de Naamah foi filha de Lameque com Zila, descendente de Caim, portanto, uma cainita. (Genesis 4:22).

E interessante que os filhos de Lameque com Ada e Zila foram os fundadores do começo de todas as ciências do mundo, sendo que Jabal fundou a geometria e o primeiro a construir casas de pedra e madeira (Genesis 4:20). Jubal, criou a ciência da musica, canções, musicas de harpa, órgão e composição e flauta(Genesis 4:21). Tubalcaim criou a arte e ciência da forjaria do outro, prata, cobre, ferro e aço e Naamah criou a arte e a ciência de tecer ( Genesis 4:22)

E a segunda MULHER cujo nome era Naamah, a filha do rei Amom, (amonita) e casou com o rei Salomão, e dando a luz a um filho de nome Roboao, que foi o sucessor de seu pai Salomão, reinou em Judá ( 931-914 a.C.) 1Reis 14:21 31). Em Josué 15:41 podemos ler o nome de uma das Cidades conquistadas e posteriormente resolvida pela Tribo de Judá com o nome de Naamah, cerca de 5 kilometros de Maqueda (Josué 10: 10 a 29)

OBS: Naamah tambem nome de anjo da prostituição, demônio, um dos companheiros do arcanjo Samael em Zohatistic (ZOAR Livro dos Judeus Cabalista)

domingo, 8 de janeiro de 2012

Oolibama-uma Mulher admirável e exemplar

Oolibama significa “tenda mais alta” ou “santuário da barraca”

Oolibama filha de Aná, neta de Zibeão, o heveu.(Gênesis 36:2). Zibeão teve dois filhos Aiá e Aná (Gênesis 36:24-a).

Foi uma das mulheres de Esaú (Gênesis 36:2), pai do edomitas ( Gênesis 36:9), com quem teve três filhos Jeús, Jalão e Corá, que lhe nasceram na terra de Canaã (Gênesis 36: 5) e que foram chamados de príncipes, isto é, se tornaram chefes de seus clãs(Gênesis 36:18). Aná, do Clã Oholibama “achou as fontes termais no deserto, como ele apascentava os jumentos de Zibeão, seu pai ( Gênesis 36:24-b)

Oolibama é lembrada como mulher de Esaú e segundo a tradição judaica seu casamento foi arranjado por causa do escalão do Oholibaham, clã de Sacerdote.

Ela torna-se importante na Bíblia por ter sido a mãe de Corá, avô ou bisavô de Coré, o jovem que se opusera contra Moisés no deserto e morreu quando a terra se abriu e devorou ele e seus companheiros conspiradores (Números 16: 10).Observamos que os últimos capítulos de Gênesis não são cronologicamente distante dos acontecimentos de Êxodo e Números

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Priscila e Áquila -Um casal a serviço do Senhor Jesus

Quando estudamos a vida de Priscila temos de estudar também a vida de Áquila, porque o casamento deles é exemplo de uma relação de união de um casal que personifica o trabalho de Deus em equipe e hospitalidade missionária, É claro, que Priscila e Áquila foram os cristãos que Paulo encontrou em Corinto, provavelmente no ano de 50 d.C. ( Atos 18:1a 4).Foi na casa deles que se desenvolveu a Igreja Cristã de Corinto.

Quando Paulo deixou Corinto, Priscila e Áquila o acompanharam e permaneceram em Éfeso (Atos 18:18-19). Prosseguindo os estudos encontramos em conexão com Apolo (Atos 18: 24 a 28). O casal voltou para Roma.Paulo se refere a eles como “seus auxiliares”, que estavam dispostos a dar suas vidas pela causa do Senhor Jesus (Romanos 16: 3-4 e 1Coríntios 16:19-20 e 2Timóteo 4:19).

O Casal não pode e nem deve ficar separados. Onde um está o outro está também. Ao homem cabe o governo do lar. Tanto no plano material, mas também o educacional, disciplinar e principalmente o espiritual. A Palavra de Deus é tão forte sobre isso, que se o homem não cuida bem de sua casa, não pode cuida de das coisas de Deus (1Timóteo 3:5), mas o governo do homem no lar não é estabelecido pelo autoritarismo ou machismo, mas sim pelo bom exemplo. O homem no lar e no relacionamento sentimental e conjugal deve ser o exemplo.Suas atitudes devem ser seguidas, e para isso é necessário sabedoria do Senhor Jesus Cristo para ser um bom exemplo.

Á mulher está a responsabilidade de apoio, auxilio, companheirismo. Ela é a coluna que sustenta. Que apóia a casa e o bem-estar da mesma. Se ela for falha neste ponto se tornará um peso para seu marido (Provérbios 21:19). E este apoio é pela disposição, pela coragem e pela entrega que ela faz em favor da Família e do Lar.

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Cozbi - Uma Mulher Enganadora, dissimulada

O texto Sagrado nos fala sobre a Israel se prostituindo com as filhas do moabitas.E elas, com certeza possuíam uma estética exuberante, que o povo de Israel não resistiu aceitar os convites dessas beldades em participar das festas de Baal-Peor.(Números 25:1 a 3). Eu analiso que as Mulheres da Bíblia têm uma mensagem forte e relevante para nós Mulheres de hoje. Existem Mulheres na Bíblia como nos tempos atuais. Mulheres santas, virtuosas, sábias, honestas, de estudos da Palavra, de oração, de adoração, de missão e evangelismo, temente a Yeshua,mas também existem mulheres mundanas, sem temor a Yeshua, Como Cozbi, uma mulher medianita morta em Sitim por Finéias, filho de Eleazar e neto de Arão ( Números 25: 15 a 18). Finéias foi elogiado no Salmo 106: 30 e 31. Ele empurrou uma lança através do estomago de Cozbi logo após Moisés ter dado ordens para executar publicamente os chefes do povo, culpado de prostituição que se juntaram a Baal-Peor ( Números 25:5). Cozbi era um princesa, filha de Zur, chefa da Casa paterna em Midiã.ela foi uma mulher que influenciou Zinri, filho de Salu, filho de uma casa paterna dos simeonitas ( Números 25:14). Ela era uma Mulher sedutora, que espalhava imoralidade e mundanismo. E os israelitas se prostituiam com as “lindas mulheres moabitas”.(Números 25:1). Isto tudo aconteceu quando Israel esteve em Sitim (Números 25:1).È preciso estar firmado na Rocha Yeshua para nos livrarmos de mulheres como Cozbi.Cozbi foi a única mulher Bíblia de quem está escrito que um dardo foi empurrado no “pelo ventre” ( Números 25:8).